Edições Anteriores

2000 - A ampliação dos espaços do curta-metragem com a expansão da Internet é um dos temas centrais do 11º Festival. Pela primeira vez, acontece um Concurso de Curtas na Internet, paralelo aos tradicionais programas do evento. Ao mesmo tempo, uma mostra especial é dedicada à distribuidora virtual Eveo.   O curta também ganha espaço na TV, com a exibição de episódios da série espanhola "La Noche + Corta", e no circuito comercial, com a mostra "Curta nas Telas". A retrospectiva "Curtas Viajantes" traz filmes brasileiros de Glauber Rocha, Humberto Mauro, Lírio Ferreira, Arthur Omar, Edgar Navarro, Jorge Furtado, Sérgio Bianchi e outros, sobre o tema da viagem em seus vários sentidos. Nick Park volta ao Festival, com uma mostra especial.   A diversidade se faz presente com os especiais do Mix Brasil, dos Contos e Lendas Africanas e do Dogma Feijoada. Os japoneses Shinobu Yaguchi e Takuji Suzuki mostram uma arte radical: filmes feitos em vídeo, sem movimentos de câmera, iluminação ou qualquer outro artifício. A mostra "Cinema em Curso" traz toda a nova produção das escolas de cinema brasileiras e o "Panorama Brasil" bate novo recorde, com 82 filmes exibidos. 

veja também

  • 2020
  • 2019
  • 2018
  • 2017
  • 2016
  • 2015
  • 2014
  • 2013
  • 2012
  • 2011
  • 2010
  • 2009
  • 2008
  • 2007
  • 2006
  • 2005
  • 2004
  • 2003
  • 2002
  • 2001
  • 2000
  • 1999
  • 1998
  • 1997
  • 1996
  • 1995
  • 1994
  • 1993
  • 1992
  • 1991
  • 1990